Feliz Dia das Mulheres pra quem?

Há 100 anos atrás, aproximadamente 90 mil operárias manifestaram-se contra o Czar Nicolau II, às más condições de trabalho, a fome e a participação russa na guerra – em um protesto conhecido como “Pão e Paz”. Que fora oficializada, em 1921, como Dia Internacional da Mulher. Somente mais de 20 anos depois, em 1945, a Organização das Nações Unidas (ONU) assinou o primeiro acordo internacional que afirmava princípios de igualdade entre homens e mulheres. Nos anos 1960, o movimento feminista ganhou corpo, em 1975 comemorou-se oficialmente o Ano Internacional da Mulher e em 1977 o “8 de março” foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas.[texto extraído de Nova Escola]

membros-da-womens-international-league-for-peace-and-freedom-em-washington-d-c-1922

Muito fala-se da origem desta data como um movimento de mulheres socialistas. Algo que, me desculpem, não irei explorar neste blog por não ser o foco (tudo bem?), mas fica o incentivo para que você procure as origens e perceba tamanha importância da mulher compreender seu espaço e engajamento na política. Mas hoje, o interesse é expor um pouco dos meus pensamentos sobre essa data que ganhou moldes comerciais para vender perfumes e maquiagem. Graças à internet de mãozinha dada ao Facebook, temos acesso a grupos de mulheres para mulheres, onde a conversa circula de maneira livre. Porém, isso não ajuda a resolver 100% o problema da desigualdade, dos abusos, dos dramas que apenas nós mulheres somos obrigadas a carregar. Isso quando não são tratados como “mimimi”, “frescura”, “falta de rola” ou “falta de louça pra lavar”.

Cresci ouvindo que mulher deveria se dar o respeito, não sair ficando com menino/ homem aqui e acolá, usar roupas comportadas e todo aquele blablabla que ouvimos de todas as mulheres mais velhas que nos cercam. Quando perdi a virgindade foi um dramão da porra. Aliás, a virgindade da mulher é superestimada, sexo é sexo; se ela quiser, um dildo tira! Sexo não é bonito, romântico e não dá vontade de chorar depois (tá, só se for de decepção). E ele carrega um peso de tabu tão grande, que parece que iremos direto para o inferno se expusermos nossos pensamentos humanos.

Hoje, com quase 30 anos, ainda acho absurdo ter que segurar as rédeas de uma obrigação imposta por uma sociedade machista. São dezenas de coisas impossíveis de concordar e achar normal. Dezenas de crimes cometidos por homens, que as pessoas ainda não perceberam que a fragilidade não deve ser atribuída ao sexo feminino. Acho que ainda custa perceber que o frágil nesta história é outro…

we-can-do-it-rosie-the-riveter-wallpaper-2

Ser mulher neste mundo é muito complexo. Somos retratadas como objeto sexual, quando estamos no padrão imposto pela sociedade; temos que ser 90-60-90, estar sempre lindas, maquiadas, cheirosas, prontas para saciar o homem, não ter opinião. Isso me lembra diretamente o filme “Mulheres Perfeitas” (The Stepford Wives) estrelado por Nicole Kidman e Bette Middler. Em que homens transformam suas mulheres bem sucedidas em robôs por não aceitarem que elas conseguiram posições profissionais superiores à eles, e o pior, tudo encabeçado por uma mulher (a sempre maravilhosa Glenn Close). E se estamos fora do padrão, melhor nem comentar, porque olha…

E quando falamos de trabalho, queridos… é um grande desafio assumir qualquer posição de comando numa empresa. Em matéria de 2015, no Jornal Hoje (veja aqui: https://goo.gl/Ni1D94) falava que as mulheres ainda ganhavam 30% menos que homens no mesmo cargo. E tu realmente achas que nós mulheres somos tão incapazes assim? A verdade é que não existe justificativa plausível que possamos aceitar para estarmos em posição inferior nesta escala, puro machismo.

Recentemente, li um texto incrível do Think Olga (leia aqui: https://goo.gl/s6NcnW) sobre a atitude de Brie ao se negar aplaudir Casey por sua vitória no Oscar de Melhor Ator, logo ele… que carrega nas costas duas acusações de assédio sexual. Te falar que foi decepcionante saber disso, porque eu torcia por ele. Mas você me fala: mas uma coisa é uma coisa, ali ele tá sendo julgado pelo trabalho dele. Não queridos! Isso faz parte de um todo, no qual ele continua sendo requisitado na Academia.. mas quando falamos dos exemplos citado pela página – como Winona e um distúrbio, sofreu o pão que o demo amassou.. e Janet Jackson? Certamente na sua cabeça ela é puta né? Hummm – vemos que existe um tratamento diferente sim!

É por esse mundo de pensamentos, e outros, que neste ano, peço que não me deseje “feliz dia da mulher”, se você apenas reconheceu a data no calendário e achou fofinho o gif de flores e borboletas. Eu quero mais que isso! Silencie-se.

Fonte:
https://novaescola.org.br/conteudo/301/por-que-8-de-marco-e-o-dia-internacional-da-mulher
http://travesseirosuspensoporfiosdenylon.blogspot.com.br/2012/03/o-dia-da-mulher-nasceu-das-mulheres.html

Anúncios

._.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s