Filmes preferidos: Adam Sandler

Adam Sandler é aquele tipo de ator que é comédia e pronto, não temos muito como imagina-lo numa ficção científica colonizando Marte ou sendo um puta matemático com problemas de esquizofrenia. Adam é o cara que sério, já faz a gente rir. E mesmo que no Rotten Tomatoes seus filmes tenham classificações baixas, no meu coração, você é o the best! hehe

adam-sandler-filmes-preferidos-blog-da-diicase.jpg

Por isso, elegi cinco títulos para abrir essa tag #filmespreferidos, do CARA da comédia: ADÃO ❤

Afinado no Amor (The Wedding Singer)
Um dos filmes da maior dupla foda que você respeita: Adam e Drew! No filme, ele é Robbie Hart um compositor frustado que trabalha como cantor de casamento, prestes a se casar com Linda. Durante uma apresentação, ele conhece Julia, que está trabalhando como garçonete e é recém chegada na cidade, e também está noiva, de Glenn. Os dois começam uma amizade e são surpreendido com o que.. hein hein.. o amor, meus queridos! O filme é uma graça, tem participação do Billy Idol, Adam cantando e é ambientada nos anos 80. Maravilhoso, assistam 😀
Músicas que ficam na cabeça:
You Spin Me Round – Dead Or Alive
Do You Really Want to Hurt Me – Culture Club

Como se fosse a primeira vez (50 First Dates)
Um dos filmes mais fofos da dupla Adam e Drew. Nele, Adam é Henry Roth, um veterinário que morando no Hawaí, e gosta de fanfarras. Um dia, conhece Lucy Whitmore na lanchonete, rola aquele flerte e tal.. mas no dia seguinte, ela não se lembra dele, nem da piada da morsa. Daí ele descobre que a pobre Lucy sofreu um acidente e como sequela perde a memória recente. Então Henry vai tentar reconquistá-la todos os dias. OWNN!
Músicas que ficam na cabeça:
Wouldn’t It Be Nice – The Beach Boys
Somewhere Over the Rainbow / What a Wonderful World – Israel Kamakawiwo’ole

Eu os declaro maridos.. e Larry (I Now Pronounce You Chuck and Larry)
Tinha tudo para ser odiado por todo mundo, mas pelo contrário, ele se tornou uma comédia bem recebida. Aqui, eles tratam o gay com esterótipos exagerados, mas ao mesmo tempo mostram o lado da perseguição com eles (foca na cena que o Kevin vai tirar a limpo a lista do abaixo assinado). Bem, no filme Adam é o bombeiro Chuck Levine, e trabalha no mesmo quartel que seu amigo, o viúvo Larry Valentine. Larry precisa passar o seguro de sua falecida esposa Paula para seus filhos, como perdeu o prazo para isso, a opção mais rápida seria se casar de novo. Após um acidente, onde Larry salvou Chuck, ele propõe forjarem um casamento para que Chuck fique com o seguro para cuidar de seus filhos. Daí começa toda a treta, já que Chuck é mulherengo e nenhum dos dois são gays, e isso configura fraude no seguro. É engraçado, vai..
Músicas que ficam na cabeça:
I’m Every Woman – Whitney Houston
Freedom – George Michael

Click
Quer rir e chorar? Veja esse filme! Uma das poucas vezes que você verá nosso queridón dramático e que fará você refletir. Estão chamando de episódio de Black Mirror hahaha
Neste filme, Adam é o arquiteto Michael. Um dia, ele sai para comprar um controle universal para sua casa e bam… é chamado por Morty , que apresenta um controle revolucionário. Com ele, Michael pode avançar no tempo e pular coisas que podem demorar para acontecer, voltar no tempo para relembrar algo que rolou, deixar mudo numa discussão. O uso descontrolado do controle, faz com que tudo saia dos eixos e ele passe a perder tudo na vida, aos poucos. Vale para você refletir, ok?! E mais, quem chorou no final, me adiciona zap e vamos ser amigos huehuehue
Música que fica na cabeça:
Linger – The Cranberries

Este é o meu garoto (That’s My Boy)
Para finalizar, esse é o filme mais horroroso do Adam! Sérião, eu amo como ele é bobo, mas taquipariu, que história ruim! Nele, Adam é Donny Berger. Quando ele tinha 13 anos, teve um caso com sua professora que tinha 22, a Mary McGarricle. Ela é presa por abuso sexual, mas grávida; então o bebê então é destinado a viver com o pai, que coloca o nome de Han Solo. Donny se torna um sucesso nos anos 80. Com a fama, ele se torna um adulto desestruturado, que quase na falência, resolve procurar o filho, para promover um encontro entre mãe e filho, e ganhar uma grana com esse sensacionalismo e pagar uma dívida de imposto. Donny encontra o filho, que já mudou de nome e agora se chama Todd Peters e se apresenta como um órfão, classe média, será promovido a sócio e está noivo de Jamie Martin. Aos poucos, Donny vai ganhando o carisma da família e pessoas próximas, como sempre dá uma merda, ele sai como errado e no final todo mundo se ama!
Sem música que fica na cabeça! hehe

Anúncios

._.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s