Amiga, pára que tá feio!

 

Estar no Facebook ultimamente tem sido uma tarefa um pouco difícil, confesso. Das pessoas que possuo na minha rede 99% são pessoas que fazem/ fizeram parte do meu círculo social (seja educacional, profissional ou familiar), aquele 1% vagabundo são promoters, festinhas que rolam no Rio.. enfim, pessoas que não conheço, mas se fazem necessário “ter por perto” rsrs

Determinadas pessoas da rede tiveram seus feeds cancelados, para o meu bem estar mental. Não existe coisa mais irritante do que pessoas chatas e que julgam terem seus problemas os maiores da terra. Já se deparou com [textão], segunda-feira de manhã, pós feriadão, de pessoas julgando que o mundo a odeia? Ou texto tipo dicionário, com palavras tão difíceis e de uso incomum, que se forem “traduzidos pro informal” não dizem mais do mesmo?

Pois é. Não é querendo dizer que a pessoa não pode usar da liberdade de expressão. Jamé mon amour! O que isso deixa claro é o quanto as pessoas estão se tornando chatas baseadas nessa tal mula de linguagem “o facebook é meu e eu posto o que eu quiser”. A grosseria chega ao ponto de acharem que os demais amigos de sua rede são obrigados a todos os dias serem participantes de sua vida azeda exposta em modo público, num espaço sem limites.

Você recebe de volta aquilo que você oferece. Lembre-se que enquanto você expressar para o mundo o quanto sua vida é problemática, você só interagirá com pessoas de problemas iguais ou piores que o seu, tornando-se um círculo vicioso. Já pensou em expressar coisas boas?

Foi desse tipo de gente que eu procurei me distanciar. Abrir o Facebook e ver a primeira postagem uma tristeza de vida – e que muitas vezes nem é – me fazia sentir certo sentimento ruim dentro de mim. Achei melhor a distância. Hoje, meu feed é recheado de bichinhos fofos, gifs de bom dia cafona, vídeos engraçados e afins. Por mais que as “tias” adorem aqueles gifs de “Bom dia a todos os meus amigos” super coloridos e piscando, precisamos concordar que é muito melhor que [alerta textão: todos me odeiam].

Amiga, talvez o que você precise é ver que o mundo não é esse monstro todo que você pintou.Ou se ele for um monstro, ele pode ser o Mike ou o Sully. Sorria mais, escute um Natiruts, assista uns filmes do Adam Sandler. Liga o foda-se! Vai ver como todos os dias serão lindos, produtivos. E você vai passar a achar o máximo os gifs das mães dos seus amigos 😉

gif-blog-da-diicase

Anúncios

2 comentários sobre “Amiga, pára que tá feio!

  1. samiraoliveira3 disse:

    Eu tenho uma amiga do Rio e no face ela sempre SEMPRE reclama de tudo, de todo metro e calo e caos. Enquanto todo o resto de SP tá sempre rindo de alguma coisa (reclamando pelo face nao) mas a quando estamos pessoalmente a pessoa só reclama de transito e poluição, e bom, ajuda mais no transito e poluição saindo de casa com 2 carros rssrs o mundo tá sem nexo faz tempo.
    dezoitoemponto.com

    Curtir

._.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s